Professor 2.0


Web 2.0Enquanto alguns professores ainda desenterram velhas desculpas para não utilizarem os computadores e a Internet como ferramentas úteis no processo de ensino aprendizagem, outros já se lançam a uma nova geração de tecnologias que chegaram e emplacaram: a Web 2.0. Essa nova versão de professor é o que estamos chamando aqui de “Professor 2.0”.

Se você ainda é um professor 1.0 ou, talvez, aquele professor 0.1 que ainda está ensaiando os primeiros passos para usar o computador em suas aulas, a boa notícia é que você pode fazer um “upgrade” rapidinho, e com quase nenhum esforço, para essa nova plataforma de oportunidades.

A Web 2.0 é, nas palavras de Tim O’Reilly, que cunhou o termo: “a mudança para uma Internet como plataforma, e um entendimento das regras para obter sucesso nesta nova plataforma. Entre outras, a regra mais importante é desenvolver aplicativos que aproveitem os efeitos de rede para se tornarem melhores quanto mais são usados pelas pessoas, aproveitando a inteligência coletiva”. Mas, e para nós educadores, o que é a Web. 2.0?

A Web 2.0 pode ser vista por educadores como uma “grande caixa de ferramentas atraentes, simples e úteis”. Essas ferramentas têm como algumas de suas principais características:

  • Utilização da Web como plataforma: serviços que antes dependiam de software instalado na máquina, podem ser acessados direto pelo navegador Web, a qualquer momento e de qualquer lugar.
  • Aperfeiçoamento constante: as ferramentas estão cada vez melhores e com mais possibilidades, o que ocorre graças às contribuições dos próprios usuários.
  • Serem total ou parcialmente gratuitas.
  • Permitirem que o usuário utilize a ferramenta para si mesmo ou para compartilhar informações e outros recursos com a coletividade.
  • Permitirem a produção, o armazenamento e o compartilhamento de diferentes mídias (imagens, vídeos, sons, textos, etc.).
  • Permitirem a construção coletiva do conhecimento, de forma que vários atores possam contribuir de forma conjunta e que o usuário da Internet possa ser também autor de conteúdo e não apenas um receptor passivo.
  • Permitirem o uso e a produção compartilhada, de forma que várias pessoas possam editar conjuntamente um texto, produzir e comentar um vídeo ou ajudem a eleger o que deve aparecer na página inicial de um site.
  • Permitirem e estimularem a formação de comunidades virtuais que compartilham interesses comuns.
  • Oferecerem interfaces amigáveis com o usuário, de maneira que ele possa aprender e usar os recursos oferecidos pela ferramenta de forma simples e rápida.

De quais ferramentas estamos falando? Estamos falando de páginas de construção coletiva de conteúdos (como a Wikpédia), dos blogs (há milhares deles), de mapas interativos (como os do Google ou o Frapper), geradores de estórias em quadrinhos (como o ToonDoo), livros virtuais (como o TikaTok), galerias públicas de imagens (Flickr, Picassa, MySpace), vídeos e apresentações (YouTube, SlidShares), bibliotecas virtuais e repositórios de arquivos (RapidShare), avatares falantes (Voki), podcasts, webquests, webnotes, MySpaces, Orkut, SecondLife, Educarede, etc. etc. etc. Enfim, estamos falando de uma enormidade de sites que oferecem ferramentas de criação, espaço para armazenamento e compartilhamento e possibilidade de agregar pessoas formando comunidades.

O universo de possibilidades de uso pedagógico dessas ferramentas aumenta de forma exponencial na mesma medida em que as próprias ferramentas se multiplicam e se aperfeiçoam. O próprio Google, por exemplo, que é uma ferramenta Web 2.0 e, que começou como um simples site de busca, criou uma galeria de outras ferramentas interessantes que inclui até um escritório online, o GoogleDocs, onde é possível usar aplicativos como editores de textos, apresentações e planilhas eletrônicas sem precisar ter softwares de escritório (como o Office, da Microsoft, ou o OpenOffice, por exemplo) instalados no seu computador, documentos que podem ser acessados pela Internet de qualquer lugar, em qualquer momento e que podem ser compartilhados por quaisquer pessoas com quem você queira compartilhar.

Por que mesmo o professor que ainda não utiliza os computadores e a Internet para ensinar regularmente pode fazer um “upgrade” e já começar a usar as feramentas Web 2.0? Porque elas se baseiam fortemente no paradigma que tanto buscamos na educação: é preciso aprender a aprender. As ferramentas Web 2.0 são fáceis de serem “aprendidas” e tanto alunos como professores conseguem um domínio rápido sobre elas. Para o professor, aprender a usar uma ferramenta de produção de histórias em quadrinhos, por exemplo, não requer nenhuma oficina de capacitação ou curso específico, basta sentar na frente de computador e dar uma porção de cliques, justamente como os alunos fazem quando querem aprender a usar uma nova ferramenta da Internet. A questão importante para o professor não é “como usar as ferramentas”, e sim “para qual propósito pedagógico usá-las”.

Um bom professor prepara uma boa aula usando todos os recursos que tiver à sua disposição e, quanto maior for a gama desses recursos, melhor ele sabe que será sua aula. Com a Web 2.0 à disposição, o professor não precisa mais se conformar em continuar com sua versão de aula 0.1 ou 1.0, agora ele pode fazer esse upgrade e se tornar também um professor 2.0. O passo mais importante para esse upgrade é experimentar em si mesmo o paradigma que norteia suas ações com os seus alunos: aprender a aprender e continuar aprendendo sempre.

Para saber mais sobre a Web 2.0 acesse:

Para conhecer algumas ferramentas Web 2.0 acesse:

  • Educarede: portal com várias ferramentas interativas e que permite a criação de uma comunidade virtual com vários recursos
  • Voki: avatares falantes
  • SlideShare: pesquise, use e compartilhe apresentações de slides
  • YouTube: pesquise, use e compartilhe vídeos
  • Wikipédia: pesquise e colabore na construção de uma enciclopédia online
  • WebNote: compartilhe recados na forma de “Post-it” pela Internet
  • Ferramentas Google: várias ferramentas de pesquisa, criação e compartilhamento
  • Ferramentas Yahoo: várias ferramentas de pesquisa, criação e compartilhamento
  • ToonDoo: ferramenta de criação e compartilhamento de quadrinhos
  • TikaTok: ferramenta de criação e compartilhamento de livrinhos virtuais
  • Flickr: ferramenta de compartilhamento de imagens do Yahoo
  • Picassa: ferramenta de compartilhamento de imagens do Google
  • Blogger: ferramenta de criação de blogs
  • WordPress: ferramenta de criação de blogs
  • RapidShare: pastas de compartilhamento de arquivos de qualquer formato
  • Orkut: site de relacionamento e de criação de comunidades virtuais
  • MySpace: site de relacionamento e de compartilhamento
  • Frappr: mapa interativo
  • WetPaint: ferramenta para criar sites colaborativos como o formato wiki

(*) Para citar esse artigo (ABNT, NBR 6023):

ANTONIO, José Carlos. Professor 2.0, Professor Digital, SBO, 23 jun. 2008. Disponível em: <https://professordigital.wordpress.com/2008/06/23/professor-20/>. Acesso em: [coloque aqui a data em que você acessou esse artigo, sem o colchetes].

Anúncios

Tags:

23 Respostas to “Professor 2.0”

  1. Marinez zanatta Says:

    Precisamos nos atualizar , para poder acompanhar as mudanças e desenvolver um bom trabalho.

    Curtir

  2. vera Says:

    🙂 Obrigada pela partilha

    Curtir

  3. MARIA APARECIDA LEITE DE FIGUEDO Says:

    Já fiz cursos oferecidos pela S.E.E.,porém não pude fazer uso com os meus alunos devido a falta de acesso a SAI?O que fazer?E com isso os meus alunos estão perdendo pois temos projetos que deveriam ser desenvolvidos na SAI e não está acontecendo?

    Curtir

    • profjc Says:

      Olá Maria,

      Esse é um problema sério, pois não adianta nada capacitar professores e ter gente disposta se os equipamentos não ficam disponíveis ou ficam apenas parcialmente disponíveis (como nas salas do Acessa Escola da SEE-SP, por exemplo, que tem salas equipadas mas não tem uma logística que permita o uso eficiente, resultando em dinheiro público jogado fora – ou transferido indevidamente para a iniciativa privada que terceiriza esse serviço).
      Infelizmente há pouco que se pode fazer quanto a isso (a menos que aprendamos a votar e tenhamos alternativas para o voto).
      Uma alternativa local é partir para o uso dos equipamentos dos alunos (tablets, smartphones e notebooks deles). Não é o ideal, mas quem disse que temos uma escola pelo menos razoável, quem dirá ideal?

      Abraço,

      Curtir

  4. “A Lousa Digital Interativa chegou! E agora?” | Caldeirão de Ideias Says:

    […] na web 2.0; descubra ferramentas/sites de compartilhamento (de textos, fotos, filmes, planos de aula, etc.). […]

    Curtir

  5. Projeto Muqueca Babys Blog Says:

    […] na web 2.0; descubra ferramentas/sites de compartilhamento (de textos, fotos, filmes, planos de aula, etc.). […]

    Curtir

  6. A Lousa Digital Interativa chegou! E agora? « Professor Digital Says:

    […] na web 2.0; descubra ferramentas/sites de compartilhamento (de textos, fotos, filmes, planos de aula, etc.). […]

    Curtir

  7. APRENDENDO A USAR O BLOG PARA A EDUCAÇÃO | Tecnologia Educacional SESI Blog Says:

    […] blogs são ferramentas web 2.0 disponíveis gratuitamente na rede e oferecidas por muitas empresas. Para criar seu blog você pode […]

    Curtir

  8. Professor Na Pauta » Blog Archive » Uso pedagógico do blog – o Edublog Says:

    […] blogs são ferramentas web 2.0 disponíveis gratuitamente na rede e oferecidas por muitas empresas. Para criar seu blog você pode […]

    Curtir

  9. Ana Paula Says:

    José Carlos,
    Como trabalhar todas estas ferramentas com aulas semanais de apenas 50 minutos?
    Sou professora de informática do 1º ao 9º, tenho muitas ideias, e infinitas cobranças. Atualmente estamos utilizando as aulas de informática para fazer pesquisas. Tento inovar com as webgincanas, e webquest pois o “copiar e colar”é quase inevitável… mas com 50 minutos é quase impossível. Nem mal acabou o conteúdo de uma aula e já querem pesquisar outra coisa.
    O que fazer?

    Curtir

  10. Carmelita Says:

    Professor, estes artigos são muito bons, pensei em trabalhar em HTPC’s (horário de trabalho pedagógico coletivo) com professores, é claro se me permitir, pois acredito que todos podemos ajudar um pouquinho que seja a outros educadores a pensar em como as tecnologias podem favorecer a relação ensino-aprendizagem na relação professor e aluno.
    Parabéns pela publicações! (Sou dinamizadora do projeto Educarede-Promenino)

    Curtir

  11. Déa Says:

    O caminho é longo. Muito longo! Só nos comentários acima já deu para ver que muito precisa ainda ser compartilhado com nossos professores. E, se me permite, a ética na Web também precisa ser difundida. Mas obrigada pelo artigo e pelo links. Sinceramente o ToonDoo eu não conhecia e estou me divertindo com ele agora.

    Esta é a minha busca: tentar mostrar ao professor que o mundo está mudando! Você já deve conhecer esse vídeo, mas traduzi para mostrar aos professores. http://www.youtube.com/watch?v=_NZ1ohEFaOY

    beijos e parabéns!

    Curtir

  12. Carlos Alberto Says:

    Hoje sem tecnologia, não poderemos mais evoluir com segurança e qualidade de vida, a necessidade da utilização das novas tecnologias se torna a cada dia mais evidente.

    Curtir

  13. ANA BELARA JULIO DE SOUSA Says:

    Acredito que nos dias de hoje só não se atualiza quem não quer,pois temos uma gama de instrumentos que nos permite enriquecer nosso conhecimento.

    Curtir

  14. Sonia Justo Says:

    Estou facinada com a nova aprendizagem, já navegava na internet,porém descubrir novos caminhos é fantastico. e a Web é 10.

    Curtir

  15. Vanilda da Silva Ramos Says:

    Ja faço uso de várias ferramentas.
    Será interessante para nós fazermos uso delas com nossos alunos.
    Tenho certeza que as aulas serão muito mais atraentes e ricas.

    Curtir

  16. Roseli dos Santos Bassanelli Pereira Says:

    Para sermos um professor 2.0 e inovar nossas aulas, transformando-as em aulas atrativas, é necessária utilizarmos as mais diversas ferramentas tecnológicas para estimular o aprendizado dos alunos.

    Curtir

  17. Robert Luis Rosa Says:

    O professor hoje tem que se preocupar com sua formação, e se atualizar para inovar suas aulas, tornando-as criativas, produtivas, em que o aluno se interaja com conhecimento. Porém ele tem que ser 2.0, estar por dentro da web, para que ele se torne um educador pesquisador e inovador que vai em buscas de novos caminhos.

    Curtir

  18. Luís Carlos Pires Says:

    Até que enfim acordei, tarde, mais acordei. Pensei que ia me apossentar sem teclar um botão. mais não vou não. com a ajuda da wed 2.0.vou deixar de ser 0.1. e tenho a certeza que meus alunos irão gostra da renovão pedagógica que farei em minhas aulas.

    Curtir

  19. MARIA GERALDA MAJELA REIS Says:

    NÓS ENTENDEMOS QUE A WEB 2.0 É MUITO IMPORTANTE PARA O PROFESSOR QUE QUER FAZER NA SUA AULA A DIFERENÇA E DEIXAR DE SER PROFESSOR 1.0. ATRAVÉS DAS FERRAMENTAS DAWEB 2.O A AULA SE TORNA MAIS PRAZEROSA E PRODUTIVA. ESTAMOS AMANDO ENTRAR NESTES SITES E CADA VEZ MAIS ENRIQUECENDO NOSSOS CONHECIMENTOS.ABRAÇOS.

    Curtir

  20. Lúcia Dias e Vânia Romain Says:

    O professor 2.0 está aperfeiçoando cada vez mais com o uso do computador para si e para seus alunos, pois através de suas ferramentas poderá virtualmente aprender e a continuar aprendendo sempre.
    Abraços

    Curtir

  21. Maria José das Graças Ribeiro Campos Says:

    Não existem desculpas para um prof. não se tornar, professor 2.0, pois a Web 2.0 é um conjunto de ferramentas atraentes, simples,
    úteis e facilitadoras.São fáceis de serem aprendidas.É um meio e tanto para o prof fazer bom uso do computador para ele mesmo e de forma produtiva com seus alunos.
    Abraços…….

    Curtir

  22. nilcilene de oliveira assumpção Says:

    Nos identificamos como professoras 1.0, mas pretendemos chegarmos a 2.0 depois de todas as informações contidas no texto. Suas informações são verdadeiras ferramentas de trabalho.Com certeza vamos aproveita-lás muito.
    Abraços!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: