Uso pedagógico do GoogleDocs


O que é o GoogleDocs?

Google e suas ferramentas web 2.0

O Google é um paraíso da web 2.0

(*) O GoogleDocs já mudou para Google Drive desde que o artigo original foi escrito, no entanto, estamos mantendo o texto original com essa ressalva.

O Google é bastante conhecido por sua ferramenta de busca de mesmo nome e que lhe trouxe toda a popularidade que o nome tem hoje em dia, mas desde há muito o Google deixou de ser apenas um buscador para tornar-se um “paraíso da Web 2.0“.

Dentre toda a parafernália de ferramentas web 2.0 disponibilizadas pelo Google, vamos nos deter no pacote denominado GoogleDocs.

O GoogleDocs originou-se de dois produtos separados, adquiridos e modificados pelo Google: o Writely, um processador de textos colaborativo que pode rodar a partir da web, e o Google Labs Spreadsheets, uma planilha de cálculos também colaborativa e que pode rodar a partir da web. Assim começava a nascer o GoogleDocs, em 2006. Posteriormente foram incluídos um gerador de apresentações de slides e, mais recentemente ainda, a possibilidade de armazenar e compartilhar todo tipo de arquivo em 1 Gb de espaço de armazenamento gratuito.

Assim, hoje o GoogleDocs consiste em um pacote de programas de escritório semelhante ao Office da Microsoft ou ao BrOffice da Sun, com o diferencial de que é gratuito, online e permite a colaboração na edição dos documentos. Além disso os “docs” do GoogleDocs são compatíveis com os demais pacotes de ferramentas para escritório, podendo ser salvos, lidos e editados por qualquer um deles. Para acessar e poder usar o GoogleDocs basta ter uma conta no Google.

Para que serve o GoogleDocs?

O GoogleDocs serve para as mesmas finalidades que os pacotes de escritório vendidos comercialmente, como o Office, da Microsoft, ou distribuídos gratuitamente, como o BrOffice da Sun. Por ser um pacote de ferramentas de escritório o GoogleDocs nos permite criar, armazenar, compartilhar e distribuir documentos de texto em vários formatos, planilhas de cálculo e apresentações de slides.

O Google Drive (antigo GoogleDocs) oferece um pacote de ferramentas de escritório que são colaborativas e podem ser editadas online.

O Google Drive (antigo GoogleDocs) oferece um pacote de ferramentas de escritório que são colaborativas e podem ser editadas online.

Por ser uma ferramenta web 2.0, o GoogleDocs é gratuito e não requer licenciamento de uso, o que o torna uma excelente opção para quem não tem um pacote de escritório instalado em seu computador.

O acesso ao GoogleDocs pela Internet e o armazenamento dos documentos na própria web permitem que se possa acessar, consultar e editar os documentos de qualquer lugar com acesso à rede.

O fato de podermos compartilhar os documentos de várias maneiras, possibilitando tanto o acesso a eles para leitura quanto para edição compartilhada, nos permite também criar documentos colaborativos ou disponibilizar documentos apenas para consulta. É claro que também podemos manter esses documentos com acesso restrito apenas a nós mesmos.

Atualmente, com o Gears, também do Google, pode-se sincronizar os documentos do GoogleDocs com o seu computador desktop (ou notebook), permitindo que você possa editar os documentos localmente usando um navegador comum (IE, Firefox, etc.) e depois atualizar os documentos armazenados na rede assim que estiver conectado (o processo é automático). Isso nos dá a possibilidade de usar o pacote de escritório online de maneira offline e elimina de vez a necessidade de se ter um pacote de ferramentas de escritório instalado no seu computador.

O GoogleDocs também permite a criação de formulários online que podem ser usados para diferentes finalidades e gera automaticamente diversas estatísticas com os resultados coletados nesses formulários. Essa ferramenta é ideal para questionários de pesquisas, por exemplo. A cada formulário é associada uma planilha que pode também ser editada manualmente ou baixada para o seu computador se quiser realizar outras análises com ela.

Gráficos automáticos

Os formulários geram automaticamente gráficos com estatísticas de todos os itens do formulário

Como usar o GoogleDocs nas práticas escolares cotidianas?

Há uma infinidade de possibilidades de uso pedagógico ou de suporte às atividades do professor com o pacote de escritório do GoogleDocs. Abaixo procurarei listar algumas, mas outras sugestões de usos serão bem-vindas e podem ser feitas nos comentários desse artigo (e depois serão incorporadas à lista do próprio artigo):

  1. Uso do editor de texto: o editor de texto do GoogleDocs, além do óbvio uso como editor de textos mesmo, também permite a criação de textos compartilhados. Assim, por exemplo, o professor pode propor a criação de textos de forma colaborativa por equipes de alunos e criar um doc compartilhado por todos de uma mesma equipe e pelo professor. O GoogleDocs permite que até dez pessoas editem um documento simultâneamente e esse documento pode ser compartilhado com até 200 pessoas. Essa possibilidade de uso e edição compartilhada é útil para, entre outras possibilidades:
    • propor produção de textos colaborativos;
    • propor a realização de trabalhos em grupo;
    • criar glossários dinâmicos.
  2. Uso das planilhas eletrônicas: as planilhas eletrônicas também podem ser compartilhadas e editadas simultâneamente, o que permite usos parecidos com o do editor de textos e outros mais apropriados para as funcionalidades de uma planlha, como a disponibilização de notas e mesmo de uma lista de presença que pode ser preenchida pelo professor e disponibilizada instantaneamente para os pais dos alunos ou para a secretaria da escola. Outros usos possíveis são:
    • disponibilizar atividades que possam ser realizadas com o uso de planilhas eletrônicas. Esse caso é especialmente interessante para a disciplina de matemática, pois além de possibilitar uma melhor compreensão da aritmética e da álgebra, também permite a criação de gráficos e a compreensão de seu funcionamento;
    • os gráficos gerados a partir das tabelas também são especialmente interessantes para disciplinas que os utilizam bastante, como a física, a biologia e a geografia;
    • uso como “banco de dados”, pois as planilhas eletrônicas permitem armazenar dados de forma organizada, recuperá-los de forma simples e manipulá-los de forma automatizada, mesmo em se tratando de muitos dados.
  3. Uso de apresentações de slides: as apresentações de slides são particularmente interessantes como ferramenta de apresentação de conteúdos, informações e esquemas didáticos com um visual atraente. O GoogleDocs permite também que se faça edição colaborativa dessas apresentações e que elas sejam compartilhadas online. Algumas possibilidades de uso para as apresentações de slides são:
    • produção de conteúdos didáticos pelo professor, esquemas didáticos e resumos;
    • produção e apresentação de trabalhos pelos alunos (lembrando que a edição compartilhada facilita o trabalho colaborativo de grupos de alunos);
  4. Uso dos formulários online: os formulários online do GoogleDocs estão associados à planilhas e constituem um meio simples e rápido de coletar informações, gerar apresentações gráficas e análises estatísticas de dados. Alguns usos possíveis:
    • produzir questionários sócio-econômicos dos alunos;
    • produzir diagnoses e pesquisas com os alunos ou com os pais, pois os formulários podem também ser acessados da casa dos alunos;
    • produzir pequenos testes e provas, ou atividades que os alunos possam realizar de forma autônoma e fora da escola.

Há ainda uma possibilidade de uso muito interessante que é a disponibilização de qualquer um desses docs na internet e sua incorporação em um blog, por exemplo. Abaixo vemos essa funcionalidade para um doc que eu criei no GoogleDocs e então armazenei no Slideshare (infelizmente não é possível ainda incorporar o documento diretamente no wordpress.com, mas outros blogs aceitam a incorporação usando a tag “iframe”):

Você também pode simplesmente postar a url do doc compartilhado no GoogleDocs (http://docs.google.com/View?id=dfgdhntd_1dktkd9cp) ou colocá-la como um link, como nesse exemplo aqui.

Neste exemplo o documento compartilhado não aceita edição por outras pessoas, mas poderia aceitar se eu tivesse feito essa opção (e posso mudar a qualquer momento, se eu quiser).

Grande parte da documentação do professor (caderneta escolar, listas de chamada, planejamentos, etc.) pode ser colocada na Internet e compartilhada publicamente. Pesquisas, diagnoses, testes e avaliações podem ser gerados e depois utilizados diretamente pela Internet. Os alunos podem produzir trabalhos de forma colaborativa e usar as ferramentas de um pacote completo de escritório mesmo que os seus computadores não possuam nenhum. Até mesmo a própria secretaria, a coordenação e a direção da escola podem usar essa ferramenta web 2.0 para produzir, disponibilizar e compartilhar documentos (como o horário de aulas, o calendário escolar, etc.), e com a vantagem de não ter que hospedar esses documentos localmente.

Documentos específicos e particulares também podem ser armazenados no GoogleDocs, mas aí deixamos de lado os fins pedagógicos  e educacionais dessa ferramenta, por isso não vou entrar nos detalhes desse tipo de uso.

O GoogleDocs permite atualmente que qualquer tipo de arquivo seja armazenado nele e compartilhado na web. Isso nos possibilita criar uma biblioteca compartilhada a partir de uma pasta pública. Além disso, a estrutura dessas pastas tem a mesma apresentação da estrutura de pastas de um HD de um computador comum e facilidades como “arrastar e soltar”, “copiar e colar”, etc. Resumindo: é tudo muito intuitivo e prático.

Também vale lembrar que tudo está em português e que o sistema de ajuda do GoogleDocs é muito bom.

Se você ainda não usa o GoogelDocs e outras ferramentas web 2.0 de produtividade, talvez esse seja o momento de começar a usá-las. A aprendizagem é rápida e não requer nenhum tipo de curso ou formação específica. Já para aprender a usar editores de texto, planilhas eletrônicas e geradores de apresentação de slides, sugiro uma busca simples na propria Internet e, se necessário, peça ajuda aos seus alunos (eles certamente saberão ajudá-lo).

(*) Para citar esse artigo (ABNT, NBR 6023):

ANTONIO, José Carlos. Uso pedagógico do GoogleDocs, Professor Digital, SBO, 08 fev. 2010. Disponível em: <https://professordigital.wordpress.com/2010/02/08/uso-pedagogico-do-googledocs/>. Acesso em: [coloque aqui a data em que você acessou esse artigo, sem o colchetes].

Anúncios

Tags: , , ,

82 Respostas to “Uso pedagógico do GoogleDocs”

  1. Alexsandra Duarte Alves da Silva Says:

    Olá,
    Gostei muito das dicas e já quero utilizar o google docs para produzir textos com meus alunos. Acredito que será uma experiência muito enriquecedora e eficaz na produção escrita.

    Curtir

  2. Maristela Gireli Roldi Says:

    Bom fiquei muito interessada nessa ferramenta que pode ser usada como forma educativa! Vou acessar e experimentar e espero crescer muito mais enquanto profissional,saber usar os métodos corretos só enriquece o conhecimento.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Iolanda Says:

    Gostei muito do artigo! Aprendi algumas coisas e relembrei de outras.

    Curtir

  4. Rosimar Paulino Alvarenga Says:

    Muito bom o artigo.
    Vou experimentar com os alunos,boa iniciativa.

    Curtir

  5. Marinez zanatta Says:

    Excelente a matéria desse artigo aprendi muito .

    Curtir

  6. Denise Says:

    Temos muitas ferramentas disponibilizadas. Usá-las é o desafio.

    Curtir

  7. Edson Marcos Says:

    Excelente conteúdo. 05/09/2017

    Curtir

  8. Marilene Says:

    Muito bom…
    gostei muito das dicas.

    Curtir

  9. Jussandra Patricio Dias Says:

    Adorei a dica…
    vou experimentar,

    Curtir

  10. Junior Vieira Says:

    Excelente artigo! As ideias são muito boas! Mantenha o artigo atualizado!

    Curtir

  11. Lucas Jun Says:

    Excelente artigo professor, parabéns pelo seu empenho em difundir e motivar o uso da tecnologia em benefício da educação.

    Curtir

  12. Jucilene Says:

    Excelente artigo, quero usar com meus alunos; tenho um pouco de dificuldade para acessar a internet, pois trabalho com jovens em privação de liberdade.

    Curtir

  13. Luciene Baborsa Oliveira Says:

    Professor curti muito seus ensinamentos. Vou colocá-los em prática. Acredito que facilitará muito minha vida. Pois poderei trocar informações com meus colegas de forma instantânea.

    Curtir

  14. ONELIA BARBOSA Says:

    Excelente artigo! Uma ferramenta muito interessante para o fazer pedagógico.Agora teremos que vencer muitas barreiras inclusive do próprio manuseio dessa ferramenta pois nem todos estão hábil nas novas tecnologias ,

    Curtir

  15. helio pena Says:

    ao ler este artigo fiquei encantado com todo o potencial que temos diante das ferramentas que a internet nos possibilita atualmente e o quanto podemos fazer nossas aulas e pesquisas de maneira mais interativa.

    Curtir

  16. Adilson Maria de Oliveira Says:

    Gostei, muito bom o artigo.

    Curtir

  17. babamacedo@hotmail.com Says:

    MC!
    Ótima dicas…
    Vou usá-las com meus amados alunos.

    Curtir

  18. Adriana Says:

    Muito interessante,adorei a dica!

    Curtir

  19. reginaldo Says:

    Muito interessantíssimo, obrigado pelas dicas… são fantásticas.

    Curtir

  20. GILSANIA ANTONELLI PIZZINATTO Says:

    MUITO INTERESSANTE SABER QUE EXISTE ESSAS FERRAMENTAS. OBRIGADA

    Curtir

  21. Adriana Says:

    Muito bom!!! Obrigada pelas dicas.

    Curtir

  22. Paula Ugalde Says:

    oii JC!! Adivinha de onde vim?! Do Curso Escola na Nuvem: http://www.escolasconectadas.org.br/ Recomendaram teu post. Será que teria um mais atualizado com o ‘drive’ para indicar? Aí eu colo no AVA. Abçs!

    Curtir

    • profjc Says:

      Oi Paula,

      Preciso atualizar sim, mas em linhas gerais apenas as ferramentas do Drive ficaram mais poderosas, a metodologia de utilização é a mesma. Sugiro colocar o post original e propor como “atividade” que cada grupo de alunos descubra o que mudou na ferramenta que propicia novo uso ou mudança na metodologia. Que tal?

      Abração,

      Curtir

  23. olga pawlowski brykalski Says:

    Vejo que não é elogios que precisa, mas ações sempre.

    Curtir

  24. Sueli Says:

    Tinha pouco conhecimento dessa ferramenta, depois de ler esse artigo vou utilizá- lá nas minhas práticas.

    Curtir

  25. Hélia Says:

    Muito bom, vai ajudar bastante.

    Curtir

  26. Vera Lucia Vendramel Says:

    Muito importante para os professores essa ferramenta

    Curtir

  27. Maria Salete Vieitra Says:

    Muito bom ,adorei a dica,Vou iniciar esta ideia.

    Curtir

  28. Marisa Corrêa Vieira Says:

    Muito bom!Falta a coragem para iniciar com os alunos.

    Curtir

  29. Edvaldo Albino Says:

    Vejo com interesse essa proposta de trabalho com essa ferramenta, pois favorece uma alavancada em nossa pratica pedagógica

    Curtir

  30. Edilene Guimaraes Says:

    Excelente!
    Adorei tudo.

    Curtir

  31. evelllinepires Says:

    Republicou isso em TICs na Prática Pedagógica.

    Curtir

  32. maria aparecida m bolognesi Says:

    Acredito que vou me situar, para desenvolver de melhor forma a prática pedagógica!

    Curtir

  33. Google Drive e a Educação | Pearltrees Says:

    […] Uso pedagógico do GoogleDocs | Professor Digital […]

    Curtir

  34. gloria silva Says:

    Realiari um questionário avaliativo e postei em um bog para cursistas acessarem. eles estão respondendo e enviando no próprio blog. Onde ficam as respostas? Como sei quem ja respondeu? No questionário cada cursista se identifica mas finalizado para onde vai?

    Curtir

    • profjc Says:

      Olá Glória,

      Se você fez o questionário usando um “formulário” do Google Drive (antigo Docs) os resultados podem ser visualizados no menu “Formulário”, item “Exibir resumo das respostas”.
      Um procedimento sempre recomendável é testar todos os questionários (e outras produções que serão compartilhadas) antes de compartilhar com outras pessoas. As vezes as coisas não sai como esperamos…

      Abraço,

      Curtir

  35. Carlos Eduardo de S Moreira Says:

    Vale lembrar que não só o Google docs mas toda Suite de ferramentas apresentadas pelo google como Google Aps são ótimas ferramentas para uso pedagógico.

    Curtir

  36. José Joaquín Lunazzi Says:

    Coloco uma dúvida: será que vai mudar para melhor? Indica que vai passar a ser Google Drive, sem data definida, onde terá serviço pago. Já na mudança de formato proposta ou efetivada há alguns meses tinha uma perda pouco vissível na informação: a das versões anteriores do documento, não sei se somente para os docs já existentes ou também para todos no futuro. Pela minha experiência com o que foi Yahoo Geocities, ao ser comprado pela Microsoft, posso temer que os caminhos que usamos para indicar os documentos possam ser mudados, por exemplo. Ou que tenhamos mais propaganda, ou que pagar pelo serviço. Chamo a atenção sobre isto.

    Curtir

    • profjc Says:

      Olá José,
      Sim, o Google Docs já mudou para Google Drive e desde a postagem do artigo original já ocorreram algumas mudanças nas ferramentas do antigo Docs. O Google Drive ampliou a capacidade de armazenagem gratuita de 1 Gb para 5 Gb, o que é um ganho consideravel, e continua oferecendo a possibilidade de você comprar mais espaço se precisar (o preço é bem atraente, mas é difícil precisar de mais de 5 Gb para armazenar documentos de escritorio – docs, planilhas e apresentações não muito sofisticadas).
      Também fui usuário do Geocities e também não tenho “fé” de que todos os documentos armazenados na nuvem fiquem 100% seguros pela eternidade. Ocorre que, pela minha experiência com os computadores (que já vai para três décadas) eu aprendi que não há armazenamento seguro e que o armazenamento local (em casa, com disquetes, CDs, pendrives e cartões de memória) é muito mais inseguro do que o armazenamento na nuvem (que permite replicações locais).
      Por fim, o armazenamento e a computação na nuvem tendem a se tornar um padrão e, no caso específico do Google, parece que é o “carro-chefe” da empresa e não apenas um penduricalho para atrair clientes. Mas, é claro, sempre é bom desconfiar e replicar os dados importantes em diversas mídias de armazenagem.

      Curtir

  37. Ana Paula Says:

    Parabéns Paulo pela iniciativa do Blog e pelo artigo do Google Docs.
    Estou cursando Mestrado e minha pesquisa envolve o Google Docs, então fiquei muito feliz de encontrar o seu artigo, pois não encontro muito material sobre o tema. Provavelmente vou usar alguns trechos do seu artigo e é lógico colocando a fonte.
    Gostaria de saber se você tem outras fontes de pesquisa sobre o Google Docs e se pode me repassar.

    Abraços e aguardo contato !

    Ana Paula

    Curtir

  38. Gracieli Says:

    Gostei muito, tenho certeza que vai auxiliar no aprendizado.

    Curtir

  39. rafael brandao Says:

    eu sou o rafael e gostaria de dizer que vou ir para escola técnica e tenho muito orgulho…

    Curtir

  40. RAFAEL ALLAN ALMEIDA BATALHA RODRIGUES Says:

    Conforme o seu artigo acima, podemos então, afirmar que o GoogleDocs é um wiki?

    Curtir

    • profjc Says:

      Olá Rafael,

      Não, o Google Docs é mais que um wiki. O Wiki, originalmente, surgiu como meio de produção coletiva via web. O Google Docs incorporou essa idéia e a expandiu para mais que a edição de documentos de texto, permitindo o trabalho simultâneo também com outas ferramentas do pacote de “Escritório” e agregou muitos recursos à idéia original.

      Abraço,
      JC

      Curtir

  41. Gilda Oliveira Says:

    Excelente artigo professor! Obrigada pela ajuda! Recomendo seu blog a todos os colegas e tutores.

    Curtir

  42. Uso pedagógico do GoogleDocs « REDHIS – Rede de Educadores em História – UFPE Says:

    […] Texto original: https://professordigital.wordpress.com/2010/02/08/uso-pedagogico-do-googledocs/ […]

    Curtir

  43. Helez Merlin Says:

    excelente artigo .Citei em um trabalho acadêmico .

    Curtir

  44. Lucia Says:

    Olá professor,

    Parabéns pelo blog e por disponibilizar o “olhar educacional” (que teve) do Google Docs…

    Esteja certo de que passarei sempre por aqui!

    Abraços e muito sucesso,

    Lúcia

    Curtir

  45. Rita Says:

    Oi gente! Gosto de atualizações, mas, no momento não terei condições de conhecer mais… obrigada pela dica, e já fico com inveja daqueles usuários das funcionalidades do gdocs…

    Curtir

    • profjc Says:

      Olá Rita,

      Usar o GoogleDocs é como usar o pacote do Office (da Microsoft), a única deiferença é que é gratuito, fica disponível o tempo todo na internet e pode ser compartilhado. Experimente!

      Abraço,
      JC

      Curtir

  46. José Joaquín Lunazzi Says:

    Venho usando ele cada vez mais, Aplica algo tão simple e tão por mim desejado como a possibilidade de se colorir as pastas. Ninguém percebeu que essa modalidade, comum em qualquer escritório ou até em uso doméstico, valeria a pena colocar no mundo digital?

    Porém tive um desencontro pois para permitir que os alunos vissem uma planilha, mesmo tendo-a publicado na web como permite, não foi suficiente passar o endereço web fornecido. Eles tiveram que ser convidados um a um, e entendo que isto não é o que normalmente deveria acontecer.
    O número de colunas de uma planilha é limitado, mas a limitação não é um problema sério.
    Agora parece que temos um sistema semelhante, gratuito até 2 Gb, o Ubuntu One, Alguém o experimentou?

    Curtir

    • profjc Says:

      Olá José Joaquim,

      O GoogleDocs tem a opção de permitir que a planilha seja visualizada sem que se faça login, ou seja, não é preciso convidar por e-mail para que uma pessoa possa visualizar a planilha. Você já usou essa opção?

      Abraço,
      JC

      Curtir

  47. vera Says:

    muito boas estas informações sobre o google docs.

    Curtir

  48. JOão Bio Says:

    Olá,
    Alguém sabe como funciona o compartilhamento de Word?
    🙂

    Curtir

    • profjc Says:

      Olá João,

      O compartilhamento de docs do Word se dá como para planilhas ou outros docs. Faça o upload do arquivo original e deixe marcada a opção de permitir que o Google converta o documento para o formato de GoogleDocs, com isso todos os convidados como editores poderão editá-lo on-line. Parte da formatação do Word é perdida na conversão, por isso sugiro que faça uns testes antes de usar.
      Para não ter surpresas, se a intenção for construir um texto compartilhado, use o documento de texto do próprio GoogleDocs.
      Se o objetivo for apenas compartilhar o arquivo, sem permitir sua edição no próprio GoogleDocs, faça o upload do arquivo sem permitir a conversão pelo GoogleDocs; isso tornará o arquivo disponível para quem você quiser e manterá a formatação original, mas não permitirá a edição on-line.

      Abraço,
      JC

      Curtir

  49. cicera costa Says:

    parabéns, pelo artigo, pois dianate da tecnologia aem que vivemos, e mais uma possibilidade de adiquirir conhecimentos é poder trabalhar de forma eficaz.

    Curtir

  50. Eudna Says:

    Olá prof.
    Parabéns pela iniciativa. Trabalho com Inclusão e Educação Digital em BH/Minas Gerais. Nos cursos que ministro, sempre tento mostrar para os professores, as várias possibilidades que o google docs oferece, enquanto ferramenta pedagógica.

    Curtir

  51. Patrícia Says:

    Interessante seu texto e bem explicativo até para quem ainda não usa o Google Docs! Eu utilizo bastante no “trivial e particular” e para escrita de textos compartilhados. Estou buscando informações para montar um curso virtual no Google. Algumas dicas eu já sabia, outras foram bem importantes.

    Curtir

  52. Paula Says:

    Gostei! Uma ferramenta tão simples pode ser usada como forma educativa! Vou acessar e experimentar! Não precisamos mesmo de muito,mas saber usar os métodos corretos.

    Curtir

  53. cintia Guedes Says:

    Sou autora e tutora de cursos a distância disponibilizados pela Internet. Artigos com assuntos voltados para área de educação, Internet e novas tecnologias me interessam.

    Curtir

  54. Conceição Rosa Says:

    Olá professor

    Também gosto muito desta ferramenta, assim como outros produtos oferecidos pela conta. Utilizamos – os professores – o google docs no ano passado para desenvolver projeto integrado (interdisciplinar), pois necessitávamos de tempos para discussões além daqueles oferecidos pela escola. Funcionou parcialmente, pois estávamos todos aprendendo sua utilização…
    Também o utilizo para incorporar apresentações no Blogger, desde que estejam dentro no tamanho permitido.

    Curtir

  55. Jairo Says:

    Parabéns pela iniciativa. Muito bom! Traga mais novidades…

    Curtir

  56. Mário Serra Says:

    Olá.
    Percebe-se que a exploração das possibilidades pedagógicas da web 2.0 ainda é bastante tímida, o que valoriza a proposta deste site.
    Utilizei o GoogleDocs em 2008/2009 com meus alunos do CE. José Leite Lopes, no Rio de Janeiro. Trabalhei na disciplina Filosofia diversas atividades: textos colaborativos, avaliação online, produção de mapas conceituais. A partir disto outros professores também passaram a utilizar esta ferramenta em sua disciplina.
    Estas experiências geraram um curso online sobre o uso pedagógico do GoogleDocs que estarei ministrando a partir de março.

    Curtir

    • profjc Says:

      Olá Mario. Muito interessante seu relato. Porque não nos passa o link do curso online? Talvez tenhamos alguns professores leitores desse blog que se interessem pelo curso.

      Curtir

    • Patrícia Says:

      Também teria interesse em saber o site e como funcionaria esse curso on-line.

      Curtir

  57. Paulo Sérgio Fiorato Says:

    Muito Bom JC! Estou enviando para vários amigos também..

    Curtir

  58. marta Says:

    Gostariamos de parabenizar pelo artigo, aqui na S R E de Uberaba usamos os formularios para COMUNICAÇÃO com as nossas escolas

    Curtir

  59. Adhimar Says:

    Gostei muito de seu artigo. Já uso o google docs a algum tempo e é relmente excelente

    Curtir

  60. Elis Says:

    Olá, muito bom seu artigo!!

    Curtir

  61. Mariliette Says:

    Adorei esse artigo!
    Abraços!

    Curtir

  62. maria do carmo Says:

    Oi colega
    Estava mesmo querendo saber mais sobre o GoogleDocs, para utilizar este ano com meus alugos.
    Obrigada pelas dicas

    Curtir

  63. Maira Miranda Says:

    Lí o artigo um pouco por alto mas achei muito interessante.
    Voltarei para ler com mais calma.
    O texto compartilhado será uma ferramenta pedagógica importante para desenvolver a escrita e a leitura das crianças.
    Pretendo utilizá-la.
    Obrigado pela sugestão!

    Curtir

  64. João Bio Says:

    Olá JC,
    Em nossa escola temos usado o Google Docs com sucesso na elaboração conjunta de simulados e outras avaliações. Por meio dele, compartilhamos e esolhemos os textos o que nos permite uma prática mais próxima da interdisciplinaridade. Uma limitação que temos enfrentado é a dificuldade de formatação observada com as equações matemáticas e alguma dificuldade com o uso de figuras. Mas certamente é uma ferramenta excepcional, pois mesom pessoas que nunca o utilizaram rapidamente foram capazes de fazê-lo.
    Um abraço
    João

    Curtir

  65. Maria de Fátima Says:

    Excelente artigo, peço sua autorização para publicá-la no meu blog.

    Curtir

    • profjc Says:

      Veja a política de direitos autorais (lateral direita do blog). Você pode publicá-lo sob a licença Creative Commons.

      Curtir

  66. Edinho Says:

    JC!
    Adorei a dica…
    Vou experimentar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: